quarta-feira, 20 de julho de 2011

O Devocional Diário – Luciano Subirá

Cresci num lar cristão e aprendi sobre a importância de se manter um período devocional diário com Deus. Tanto por preceitos, como pelo exemplo de meus pais, soube desde criança que devemos cultivar este tempo à parte com o Senhor.
Há algo poderoso por trás desta prática, como estaremos analisando. Mas, preciso admitir que mesmo aprendendo que todo cristão deva ter seu período devocional com Deus, falhei centenas e centenas de vezes no que diz respeito a isto. Falhei em períodos em que não estive tão intensamente envolvido com Deus e Seu Reino, falhei também depois de estar bem comprometido com o Senhor e ministerialmente amadurecido. Portanto, quero iniciar nossa reflexão declarando que nem sempre erramos por falta de conhecer determinados princípios bíblicos, mas muitas vezes por mera falta de disciplina.
Sei que a maioria dos crentes de hoje não costuma investir diariamente num período de devoção com Deus. Muitos cometem este erro por falta de ensino e esclarecimento, outros por falta de cobrança e estímulo e, claro, há ainda aqueles que erram por pura negligência. Não que me dirigir a um ou outro grupo em separado, mas aos três. Aos que conhecem a base bíblica deste princípio, convido-os a reverem aquilo que um dia aprenderam e dedicar-se à prática. Aos que estão recebendo este ensino pela primeira vez, apelo para que absorvam estes princípios e passem a vivê-los. Quanto aos deliberadamente negligentes, espero que se arrependam e também ordenem seus passos nesta área.
Precisamos compreender o valor e resultados provenientes do devocional diário. Então seremos estimulados a trazê-lo para a experiência diária. E ao fazê-lo, entraremos numa dimensão mais profunda de intimidade com o Senhor.
Estar à portas fechadas com Deus, é uma necessidade de cada um de nós. Ali não só pedimos, mas adoramos e nos rendemos com total liberdade de rasgar o coração. Assim como um casal tem seus momentos de privacidade longe da vista de todos, penso que devemos cultivar momentos de comunhão com o Noivo que também sejam marcados pela privacidade.
Se você não tem meios de se trancar, ao menos procure se afastar das demais pessoas para ter este momento. Certamente está prática diária te levará a um novo nível de relacionamento com Deus!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Não desperdice sua vida!

A facilidade com que desperdiçamos nossas vidas é um assunto que há algum tempo estou querendo compartilhar neste blog
Em Colossenses 3:2, diz assim: “Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas”. E o que isso significa? Significa que não é bom para nós nos focarmos nas coisas da terra, como: Faculdade, emprego, dinheiro, namorada (o) [...] Quer dizer que tudo isso é ruim? De forma nenhuma! Mas como está escrito: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas”.
Acho que essa é uma questão de confiança em Deus. Muitas vezes, nós, cristãos, dizemos que confiamos nele, mas mentimos. Quantos crentes têm ido todas as semanas em algum culto, andado pelas ruas cantarolando louvores a Deus, orado e jejuado, mas quando entram na faculdade ou no serviço tornam-se apenas alunos e/ou empregados. O que eu quero dizer é que estou cansado de ver crentes desesperados por um bom emprego, uma boa faculdade, uma namorada gospel, estabilidade financeira, bons amigos... E pior ainda são os cristãos que reclamam com Deus por Ele não estar dando aquilo que eles querem! (MEU DEUS NOS PERDOE POR ISSO).
Até quando não entenderemos que precisamos buscar o Reino dEle ao invés das nossas ambições? Muitos crentes dizem estar “esperando” uma esposa ou esposo no Senhor, mas dentro de si, pensam que precisam dar uma forcinha pra Deus. Não estou dizendo para fugirmos dos relacionamentos, só penso que é uma hipocrisia dizer que estamos esperando nEle, se o único assunto que temos com Ele é que nos envie uma namorada o mais rápido possível.
O exemplo do namoro é apenas um. Ainda existe a preocupação em conseguir uma boa faculdade, para depois conseguir um bom emprego, e assim ganhar bastante dinheiro e comprar uma boa casa e um bom carro. Eu acredito que devemos dar o nosso melhor onde Deus nos colocou. Se estivéssemos realmente pensando em servir a Deus e não em alcançar nossos objetivos, muitas de nossas escolhas na hora de aceitar um emprego, entrar num estágio ou fazer um curso seriam diferentes.
Por favor, se forem fazer uma faculdade, que seja para glorificar a Deus. Se forem fazer um estágio ou trabalhar pra valer, que seja pra glorificar a Deus. Parem de correr atrás de dinheiro! Busquem o Reino de Deus! Não desperdicem a vida de vocês com coisas terrenas! Que a nossa prioridade sempre seja servir a Deus!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...